Por filmes No site

Edições Anteriores


  • 2005

  • Por Um Fio

    O festival abriu suas portas e telas às produções em vídeo e de tecnologia digital, uma vez que as atividades audiovisuais tornam-se cada vez mais democráticas e populares.   O foco do festival foi dedicado às comunicações num mundo cada vez menor pelas novas possibilidades oferecidas pelas telecomunicações.   O evento também contou com presença em São Paulo dos criadores do Kino Cabaret de Montreal no Canadá, trabalho que inspirou a criação das Kino Nights do festival.   2005 também marcou a estréia da Oficina Kinoforum Crítica Curta que, sob a coordenação do crítico de cinema Sérgio Rizzo, reuniu 22 alunos de cursos de audiovisual durante sete dias produzindo textos sobre os curtas, tocando em reflexões sobre o curta nacional e latino-americano.