Por filmes No site

Edições Anteriores


  • 1990

  • Uma experiência a se desdobrar
     

    O espaço que os curtas-metragens brasileiros conquistaram nos últimos anos, no país e no exterior, propicia agora a realização desse 1º Festival Internacional de Curtas-Metragens.

    Um grande festival, por ser o primeiro: dele participam mais de 80 filmes de treze países; mas pequeno exatamente por ser o primeiro evento do gênero no Brasil e, como tal, ainda uma experiência a se desdobrar.

    Seu principal objetivo é estimular o intercâmbio do Brasil com outros países: mostrar a produção brasileira, conhecer a estrangeira e abrir canais para a apresentação e distribuição de filmes, especialmente no mercado da televisão, veículo privilegiado para a exibição de curtas. Por isso mesmo, a mostra não é competitiva. Ela visa tão somente a exibição dos filmes que são curtas enquanto linguagem, formato específico e forma de produção.

    Com a perspectiva de realização de novos festivais nos próximos anos, e com a apresentação de todos esses filmes - os brasileiros, os latino-americanos, e a melhor produção europeia - os curtas-metragens ganham, finalmente, uma vitrine na América do Sul.